Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 24/05/2011 | 14h10

Atividade industrial em queda

Índice da CNI mostra recuo da produção em abril.

Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Brasil

A produção industrial recuou em abril, em comparação com o mês anterior, interrompendo a sequência de dois meses de crescimento, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 24, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice da entidade que mede o nível de atividade do setor caiu de 53,3 pontos para 47,6 pontos. Os indicadores variam de 0 a 100 pontos e valores acima de 50 indicam evolução positiva.

Na avaliação dos empresários, o ritmo da atividade industrial segue pelo quinto mês abaixo do usual. Em abril do ano passado, o índice registrado foi 51 pontos.

A utilização da capacidade instalada efetiva usual ficou em 46,2 pontos em abril, valor menor do que os 47,4 pontos registrados em março. O percentual médio de utilização da capacidade instalada caiu um ponto, saindo de 74% para 73% no mesmo período.

Os números também apontam acúmulo indesejado de estoques. O chamado efetivo planejado subiu de 50,5 pontos para 51,8 pontos. O acúmulo é maior entre as empresas de grande porte. Neste caso, o índice alcançou 53,4 pontos em abril, contra os 51,1 registrados em março.

Mesmo com a redução dos índices de atividade, os empresários do segmento industrial continuam otimistas para os próximos seis meses. A expectativa positiva está relacionada à confiança de aumento do consumo no mercado interno para compensar a queda no volume exportado nos próximos meses.



Tags: CNI, indústria, atividade industrial.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência