Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 23/05/2011 | 23h17

Autopeças: déficit cada vez maior

Rombo no quadrimestre foi de US$ 1,51 bilhão.

Automotive Business

Redação AB

Estatísticas compiladas pelo Sindipeças indicam que as exportações brasileiras de autopeças nos primeiros quatro meses do ano, para 152 países, somaram US$ 3,27 bilhões, 22,6% superiores às de igual período de 2010. As importações, para 111 países, aumentaram em percentual menor, de 19,3%, chegando a US$ 4,77 bilhões. Ainda assim o saldo negativo cresceu 13%, passando de US$ 1,34 bilhão nos primeiros 4 meses de 2010 para US$ 1,51 bilhão.

O faturamento da indústria de autopeças deve chegar a US$ 53,4 bilhões em 2011, de acordo com as estimativas do Sindipeças. Segundo balanço anual do setor, em 2010 o faturamento foi US$ 49,8 bilhões, com um crescimento de 14,2% ante 2009. Os investimentos subiram de US$ 631 milhões, em 2009, para US$ 1,5 bilhão em 2010.

Na esteira do que vem ocorrendo nos últimos anos, a balança comercial da indústria de autopeças novamente deverá apresentar um crescimento do déficit no resultado deste ano. Flávio Del Soldato, diretor da Automotiva Usiminas e membro do Conselho de Administração do Sindipeças, disse que os resultados já apurados projetam um déficit da ordem de US$ 4,2 bilhões até o fim do ano. O montante, no entanto, poderá ser maior, chegando a US$ 4,5 bilhões, em razão de diversos lançamentos de veículos, que provocam um volume maior de importações no início de produção.

O presidente do Sindipeças, Paulo Roberto Butori, reitera que a indústria de autopeças brasileira tem sofrido com o câmbio que, com o dólar desvalorizado, resultou na transformação do setor de exportador, com saldo líquido na balança comercial, para importador.

Enquanto a Anfavea finaliza os estudos sobre competitividade para levar ao governo, o Sindipeças já entregou ao MDIC seu diagnóstico e recomendações sobre o tema, depois de ouvir os sindicatos da cadeia de suprimentos e recorrer à Prada Assessoria para consolidar as proposições. A entidade dos fabricantes de autopeças explica que tem pressa em receber do governo suporte para a recuperação de sua capacidade de competir, diante da invasão do mercado por competidores estrangeiros.



Tags: Sindipeças, autopeças, Anfavea, Prada, competitividade, balança comercial.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência