Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 22/05/2011 | 10h04

Embraer reforça manutenção do E-190 por risco de trinca

Anac diz que medida não é emergencial.

Agência Estado

Edna Simão e Silvana Mautone, Agência Estado

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou novas normas para a revisão do jato E-190 da Embraer após a própria fabricante ter informado que, após a realização de testes, foi verificado o risco de trincas na estrutura da aeronave.

A Anac informou que é um procedimento padrão os fabricantes revisarem periodicamente suas aeronaves e, pelas regras, caso identifiquem algum problema, devem comunicar à agência reguladora. Após receber esse comunicado, a Anac divulga as informações para que as companhias aéreas se adaptem às novas exigências de revisão.

As companhias brasileiras que utilizam o E-190 são a Azul e a Trip. A Anac informou que a medida não é emergencial, tanto que estabeleceu o prazo de 90 dias para a adoção do novo procedimento, que começa a ser contado a partir de 16 de junho.

Segundo a Embraer, o risco sobre possíveis trincas foi verificado pela própria empresa durante os chamados testes de "estresse", que simulam o uso de aeronaves em situações limite. "O comunicado da Anac é apenas uma formalização de tudo o que a própria Embraer informou que implementará no seu processo de manutenção preventiva", afirmou a Embraer à Agência Estado. A companhia não informou, porém, a partir de quantas horas de voo foram detectados os riscos de trincas na estrutura do avião durante os testes.

O Embraer 190 é o terceiro dos quatro integrantes da família de E-Jets, uma nova geração de aeronaves comerciais. Ele possui capacidade para cerca de 100 assentos. Em 2005 foram feitas as primeiras entregas do modelo para a americana JetBlue e a Air Canada.



Tags: Embraer, ANAC, Azul, Trip, Jet Blue, Air Canada.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência