Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 06/05/2011 | 17h58

Máquinas agrícolas: queda antes da Agrishow

Depois de retração de 2,7% em abril, vendas devem acelerar após evento.

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Giovanna Riato, AB

O ritmo de vendas de máquinas agrícolas diminuiu 2,7% em abril na comparação com março, para 5.744 unidades. A Anfavea, associação dos fabricantes de veículos, anotou queda no setor também sobre o mesmo mês de 2010, de 4,8%. No acumulado do ano a retração foi de 7,4%, com 20.825 máquinas.

Cledorvino Belini, presidente da entidade, lembra que a base de comparação do início do ano passado é forte. “O programa Mais Alimentos estimulou as vendas no período”, avalia o dirigente. O executivo acredita que o desempenho mais fraco de abril se deve à expectativa dos agricultores em torno da Agrishow, exposição realizada entre 2 e 6 de maio em Ribeirão Preto (SP).

Segundo ele, os clientes esperam o evento na expectativa de conseguirem melhores preços e condições de pagamento. “No próximo mês deve haver uma compensação desta queda”, prevê Belini.

O evento foi realizado com a previsão de gerar cerca de R$ 1,2 bilhão em negócios. É difícil confirmar o número de contratos, já que muitos pedidos não são efetivados depois do evento, mas a Anfavea estima que a mostra alcançou bons resultados. Segundo a entidade, muitos agricultores que estavam fora do mercado por problemas financeiros voltaram a crescer junto com a economia do País e devem reaslizar novos investimentos.



Tags: máquinas agrícolas, Anfavea, Cledorvino Belini, Agrishow.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência