Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Inovação

Ver todas as inovações
Teste com carro autônomo da Uber mata pedestre nos EUA

Tecnologia | 19/03/2018 | 20h42

Teste com carro autônomo da Uber mata pedestre nos EUA

É a primeira vez que um veículo com a tecnologia causa acidente fatal

REDAÇÃO AB

Matéria atualizada no dia 21/03 às 14h08

O que a indústria mais temia no processo de desenvolvimento do carro autônomo se concretizou: um modelo de teste da Uber equipado com a tecnologia causou a morte de uma mulher em Tampe, nos Estados Unidos. O acidente aconteceu no domingo, 18, com um Volvo XC90 da empresa, por volta das 22h, quando o veículo que rodava em via pública não detectou que a pedestre atravessou a rua fora da faixa. Um motorista de segurança estava no carro quando o acidente aconteceu. Ainda não está claro se o especialista também não viu a vítima ou se não teve tempo o bastante para assumir a direção.

Depois do atropelamento, Elaine Herzberg, de 49 anos, chegou a ser levada ao hospital com vida, mas não resistiu aos ferimentos. O caso está sendo investigado e, antes de qualquer conclusão, a Uber decidiu suspender os testes de carros autônomos em curso em Tampe e nas cidades de Pittsburgh, São Francisco e Toronto, no Canadá.

A empresa lamentou o acidente no Twitter e garantiu que está cooperando com a polícia local para esclarecer as causas da fatalidade. Dara Khosrowshahi, CEO da plataforma de transporte, deixou em sua página as condolências para a família da vítima.



É a primeira vez que um modelo automatizado provoca acidente desta proporção. Carros do Google e da própria Uber já tinham se envolvido em colisões, mas nunca por falha no sistema que dirige o carro e sim por erros de motoristas que trafegavam na mesma via. Um acidente com automóvel da Tesla equipado com Autopilot chegou a terminar em morte, mas ficou comprovado que a culpa não era do sistema semiautônomo, mas do motorista, que não usou a tecnologia corretamente.

Um acidente desta proporção pode reduzir a credibilidade da tecnologia e tornar mais lento o seu desenvolvimento. Há poucos dias a Califórnia aprovou legislação que autoriza empresas a testarem carros autônomos nas ruas sem a necessidade de um motorista de segurança. Com a falha no carro da Uber é provável que outros polos de desenvolvimento de modelos com a tecnologia ponderem antes de seguir pelo mesmo caminho do estado norte-americano.

Tags: Uber, carro autônomo, acidente.

Veja também

AB Inteligência