Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Inovação

Ver mais notícias
Case amplia o horizonte das retroescavadeiras
580N Acessibility (azul, acima) e 580N Wireless tiveram desenvolvimento local

Máquinas | 29/11/2018 | 20h22

Case amplia o horizonte das retroescavadeiras

Modelo 580N vai à M&T Expo com conceitos acessíveis e wireless

REDAÇÃO AB

A Case Construction levou à feira M&T Expo as retroescavadeiras conceito 580N Acessibility e 580N Wireless. A primeira foi pensada especialmente para a inserção de pessoas com mobilidade reduzida nesse mercado de trabalho, mas também por causa do aumento da expectativa de vida do trabalhador, que demanda condições mais favoráveis no canteiro de obras.

“Pela primeira vez, os profissionais com privação dos membros inferiores poderão ser operadores de máquinas rodoviárias”, afirma Maurício Moraes, gerente de marketing da Case para a América Latina.

“Realizamos pesquisas nos diversos mercados de todo o mundo e não encontramos soluções de acessibilidade estruturadas para esse tipo de aplicação. Por isso desenvolvemos uma solução nacional, alinhada às nossas estratégias de futuro e sustentabilidade”, esclarece Moraes.



A 580N Accessibility tem as mesmas funções e configurações que o modelo convencional. A principal modificação é a plataforma de elevação, capaz de permitir o transbordo da cadeira de rodas para o assento desta plataforma.

Um joystick movimenta e coloca o operador na cabine da máquina até a posição de transbordo para o assento. Os suportes de mão foram reposicionados para permitir uma nova dinâmica de operação.

Os comandos de aceleração e freio foram transferidos para as mãos. “Essa é uma das opções para os comandos da máquina conceito, mas demandas diferenciadas estão sendo estudadas até chegarmos ao modelo padrão”, completa Moraes. A Case recorda que, por ser totalmente inclusiva, ela também pode ser operada por profissionais sem necessidades especiais.

Outra novidade da Case chega ao mercado em breve, a 580N Wireless. Com desenvolvimento 100% nacional da engenharia da Case em parceria com o Senai Innovation, a tecnologia permite que todos os comandos da máquina estejam num tablet. Este pode ser retirado e o equipamento, comandado a distância. A tecnologia elimina 50% dos chicotes elétricos, que têm alto custo de desenvolvimento e alterações, além de maior dificuldade de gerenciamento diário.

Assim, explica Maurício Moraes, surgiu a proposta de eliminação de chicotes e a introdução da comunicação de dados por tecnologia wireless. “Foi um projeto que começou do zero, sem nenhuma referência mundial em máquinas de construção ou outros veículos”, explica Moraes.

Na 580N Wirelless, todos os atuais comandos exibidos no painel de controle da máquina foram transferidos para acesso via tablet: ignição do motor, rotações do motor, horímetro, velocidade, nível de óleo, nível de combustível, pressão de óleo, luzes de trabalho, ar-condicionado, buzina, pisca-alerta, rádio e limpador de para-brisa, entre outros.

O tablet comanda a máquina ao mesmo tempo em que se conecta a todos os serviços da Case e dispositivos ao redor. Esse tablet pode ser posicionado no local anteriormente ocupado pelo painel de controle, mas também próximo ao para-brisa para maior ergonomia em condições de deslocamento da máquina.

Ao fim da jornada o operador pode retirar o tablet e levá-lo para outro local, permitindo maior interação com esse dispositivo e assegurando o bloqueio à movimentação da máquina.

CÂMERA ACHA DEFEITOS INVISÍVEIS A OLHO NU


Também na M&T Expo a fabricante New Holland mostrou o Termovisor, solução voltada para melhorar a gestão da manutenção de máquinas. O equipamento recebe uma câmera capaz de “ver” o comportamento térmico de cada componente.

A tecnologia conceito permite detectar de forma preditiva um ponto de falha sem a necessidade de desmontar o equipamento, identificando uma possível avaria antes que ela aconteça e reduzindo tempos de parada e desgastes prematuros.

O diagnóstico é rápido, feito pela leitura de imagens térmicas que emitem cores previamente diferenciadas de acordo com a radiação térmica em cada peça. A radiação infravermelha demonstra se determinado componente apresenta avaria ou não.

“A capacidade de ver o calor dessa forma cria um nível inteiramente novo de percepção, permitindo detectar problemas que podem ter passado despercebidos anteriormente”, afirma Paulo Cassimiro, gerente de suporte ao produto da New Holland Construction.



Tags: Case Construction, 580N Acessibility, 580N Wireless, Maurício Moraes, Termovisor, New Holland.

Veja também

ABTV

AB Inteligência