Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Inovação

Ver mais notícias

Internacional | 02/08/2018 | 19h4

Fábrica da Tesla na China vai custar US$ 5 bilhões

Perdendo dinheiro nos Estados Unidos, companhia planeja levantar capital no próprio país asiático

REDAÇÃO AB

Em julho a Tesla firmou acordo para a construção de uma enorme fábrica na China, com capacidade para produzir meio milhão de veículos. A companhia só não revelou quanto pretendia investir no empreendimento, seu segundo complexo produtivo no mundo e primeiro fora dos Estados Unidos. Agora a expectativa é de que a companhia precise de US$ 5 bilhões para o projeto, segundo apurou a Bloomberg com fontes envolvidas nas negociações.

O montante, aponta a agência, deve ser levantado com fundos chineses. Nos Estados Unidos a montadora de carros elétricos enfrenta momento de moral baixa com os investidores por causa dos prejuízos gerados pela incapacidade de cumprir as metas de produção do Model 3. O balanço do último trimestre mostrou que a companhia só tem US$ 2,7 bilhões em caixa e, portanto, não conseguiria levantar a planta chinesa com capital próprio.

A fábrica ficará em Xangai e ampliará a presença da Tesla no maior mercado automotivo do mundo, evitando as taxas de importação do país para automóveis feitos nos Estados Unidos. O plano é começar a construção nos próximos meses, assim que todos os documentos necessários estiverem prontos, e inaugurar a operação daqui a dois anos. A montadora calcula que precisará de mais três anos até alcançar a produção de meio milhão de carros. Algo que deve ficar para perto de 2024.

A instalação da fábrica inaugura uma nova era para a indústria automotiva chinesa, com empresas estrangeiras que detêm 100% do controle da unidade produtiva no país, sem joint venture com o governo. O empreendimento é fruto de mais de um ano de negociações e, segundo as autoridades, inclui também planos de pesquisa e desenvolvimento locais.



Tags: Tesla, fábrica, China, investimento.

Veja também

AB Inteligência