ANÁLISE

MERCADO

A invasão dos aventureiros


Versões cross e SUVs compactos se multiplicam no Brasil


Uma das primeiras aparições de automóveis transformados em “aventureiros”, versão também chamada de cross, remonta a 1998, quando a Fiat lançou a perua Palio Weekend Adventure. O sucesso dessa versão somou-se a lançamentos de utilitários esportivos (SUV) compactos, como o Ford EcoSport em 2003. A própria Fiat estendeu a variação aventureira para outros modelos da sua linha como a van Doblò, o monovolume Idea e mesmo a picape Strada.

Em 2013, as versões aventureiras somaram 169 mil unidades vendidas, representando participação de 4,7% das vendas de veículos leves no Brasil, sendo que os cinco mais vendidos foram Renault Sandero Stepway, Fia Strada Adventure e Novo Uno Way, VW Saveiro Cross e CrossFox. A Fiat é a montadora que oferece mais versões aventureiras, seguida pela Volkswagen.

Nos próximos meses teremos o lançamento das versões aventureiras de novas gerações de carros recém-lançados, inluindo VW CrossFox, VW SpaceCross e Renault Sandero Stepway. A esses se somarão as versões cross do sub-compacto VW Up! e também do monovolume Chevrolet Spin.

Os verdadeiros utilitários esportivos (SUV) venderam em 2013 o total de 287 mil veículos, 8% das vendas, sendo Ford EcoSport, Renault Duster, Hyundai Tucson, Hyundai ix35 e Toyota SW4 os cinco mais vendidos.

O segmento dos SUV é o que mais crescerá nos próximos anos. A lista de lançamentos de modelos a serem produzidos no Brasil inclui Audi Q3, BMW X1, Honda HR-V, Honda CR-V, Jeep Renegade, Mercedes-Benz GLA, Peugeot 2008 e de outros modelos novos das fabricantes Chery, Fiat, Hyundai, Land Rover, Nissan, Renault e Volkswagen.

O sucesso dos carros aventureiros se explica pelo menor investimento necessário dos fabricantes. Por serem derivadas de veículos já existentes, e não um projeto totalmente novo, o preço da versão cross torna-se mais acessível para o consumidor que não tem condições financeiras para migrar para um verdadeiro SUV. Mas o crescimento do segmento de utilitários esportivos legítimos no País deverá puxar o avanço das versões aventureiras nos próximos anos.

O levantamento abaixo mostra a participação dos modelos aventureiros (da maior para a menor) derivados de automóveis, peruas, monovolumes e picapes com relação às vendas totais de cada modelo em 2013/2014:

• Citroën C3 AirCross – 60%
• Fiat Weekend Adventure – 50%
• Fiat Idea Adventure – 37%
• Nissan Livina X-Gear – 27%
• Renault Sandero Stepway – 26%
• VW Saveiro Cross – 25%
• Fiat Doblò Adventure – 25%
• Fiat Novo Uno Way – 25%
• VW SpaceCross – 23%
• Fiat Strada Adventure – 20%
• Honda Fit Twist – 14% (dados de 2013, não foi lançada na nova geração do Fit)
• VW CrossFox – 13%
• Toyota Etios Cross – 13% (dado de 2014, foi lançado no fim de 2013)
• Hyundai HB20X – 9%

Comentários: 1
 

Roland Erwin Linz
23/12/2014 | 11h56
Como diz o ilustre julian semple que os suv invadirão o mercado só pecou em um sentido ,quando diz que o consumidor não tem condição financeira para migrar para um verdadeiro suv.? ora um troller custa hoje em torno de 115.000,00 mil não é pouco uma crv da honda custa isso ,então o seu comentário foi infeliz ,além do mais ele esqueçe que trabalhou na ford pois a troller foi adquirida pela mesma já a algum tempo e está investindo mais de 200 milhões na melhoria do produto,clar que a produção total por ano deste veículo ainda não representa nada perto de outros suv já consagrados ,mas poderá chegar lá em um futuro próximo com bastante qualidade e preço compat´vel .

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: