Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Opinião | Macário Moraes |

Ver todas as opiniões
Macário Moraes

11/07/2014

Simuladores de aprendizagem na indústria automotiva

Sistema é alternativa viável para o futuro do e-learning no setor

A indústria automotiva sempre se destacou pelos seus investimentos em capacitação de equipes e redes de distribuição como forma destes colaboradores se manterem preparados com as atualizações de produto, concorrência e processo de vendas e atendimento, como forma de aumento de market share e satisfação de clientes.

Nestes últimos 30 anos, constatam-se mudanças sofridas nas estratégias de capacitação como forma de aumento da efetividade da retenção dos participantes, dos resultados de vendas/serviço certos na 1ª vez e de satisfação dos clientes. Percebe-se que há uma mudança incremental no modelo de educação básica e no perfil dos participantes com a exposição à tecnologia como observamos no modelo abaixo.

capacitação

A conseqüência imediata desta evolução passou pela mudança do modelo presencial de expositivo para facilitado, onde o instrutor, com base na experiência do grupo, busca atrelar um significado individual para aquele conteúdo desenvolvido entre os anos 1980 e 1990. Já na década de 2000, verifica-se a entrada de ferramentas de e-learning, CBT (computer based training) e WBT (web based training) que se tornaram a base da plataforma de grandes montadoras, estabelecendo a tecnologia como padrão na maiorias das ações de capacitação.

No entanto, percebe-se que o uso desta estratégia em massa que, apesar de oferecer ganho de escala e redução de custo, representa do ponto de vista andragógico um retorno aos anos 1980 acrescido do uso da tecnologia.

Diante deste desafio, verifica-se que os Simuladores de Aprendizagem, ou mais conhecidos como “jogos sérios” representam tendência que reúne os benefícios dos WBT – escala e baixo custo – com um desenho instrucional mais interativo, participativo, contextualizado e atrativo ao participante, sabendo que o local de trabalho representa o maior espaço de tempo de aprendizagem de uma pessoa em toda sua vida.

Estes simuladores podem e devem interagir com a realidade do participante com opção virtual ou real, estimulando a tomada de decisão e validação de aplicação de conhecimento em ambientes parametrizados para se assemelhar com o contexto real do mesmo.

É possível maximizar a efetividade se, no desenho da capacitação, forem definidas ações pós-aprendizagem com o apoio de ferramentas de business intelligence capazes de reforçar a real aplicação do conteúdo aprendido na prática do dia-a-dia do participante e o uso de redes sociais, que permitem que as boas implementações sejam compartilhadas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência