ANÁLISE

Mobilidade

Frota brasileira de veículos cresceu 121% nos últimos dez anos


Regiões Norte e Nordeste apresentaram as maiores expansões


Dados do Denatran de dezembro 2011 indicam que o Brasil possui uma frota de 70,5 milhões de veículos entre automóveis, caminhões, ônibus, motos e carretas. O número evidencia aumento de 121% sobre os quase 32 milhões de veículos registrados em 2001. Entre os segmentos, o maior avanço aconteceu entre as motocicletas.

frota brasileira de veículos


No mesmo período a população brasileira cresceu 12%. Com isso, a densidade de veículos por habitante saltou um para cada cinco habitantes em 2001 para pouco mais de um veículo para cada três habitantes no ano passado. Se olharmos só os automóveis, o aumento foi de um carro para oito habitantes para um em cada cinco brasileiros no mesmo intervalo.

frota brasileira de veículos


Na comparação por estado, os destaques ficam para Tocantins, Maranhão, Amapá, Acre, Piauí e Pará que cresceram o dobro da média brasileira. Enquanto Paraná, Distrito Federal, São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro cresceram menos que a média nacional nos últimos dez anos, evidenciando a saturação do número de carros das frotas dessas regiões.

frota brasileira de veículos

Se considerados apenas automóveis, os destaques foram Tocantins, Amapá, Rondônia, Roraima, Acre e Maranhão.Estas frotas cresceram mais que o dobro da média nacional, que avançou 88% no período. Já São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro anotaram taxas de crescimento inferiores a média do País no período.

Comentários: 0
 

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: