Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Opinião | Tarcisio Telles | Mercado Automotivo

Ver todas as opiniões
Tarcisio Telles

12/12/2018

Preparação para as mudanças é fundamental

Fabricantes devem sempre planejar com foco na qualidade e de olho nos movimentos da economia

Um dos segmentos que sofreram com a crise econômica no País foi o automobilístico. Entre 2013 e 2014 essa indústria viu os volumes reduzidos pela metade, ao contrário da expectativa do mercado, de chegar a 5 milhões de unidades produzidas em 2018. Porém, o que vimos foi um retrocesso aos níveis de 2010.

Atualmente, com o panorama político definido e caminhando para a estabilidade, os investimentos internacionais devem voltar a aquecer a economia. Os projetos antes engavetados e outros novos ligados à mobilidade e eletrificação farão com que a indústria automobilística retome o crescimento em um ritmo muito maior do que diminuiu, como observamos em épocas anteriores.

Como todo período de crescimento, é preciso moderar o entusiasmo e planejar os próximos passos com cautela. A modularização das etapas de investimento, desenvolvimento e automação são tão importantes quanto o que será feito de fato. O controle dos custos é fundamental para que não se dê um passo grande demais. O otimismo é muito frequente na previsão de volumes em momentos como este. É fundamental estimar corretamente e de maneira alinhada os seus recursos e possibilidades de venda e entrega aos clientes.

Sabemos também que, independentemente do momento econômico ou da empresa, um valor que não pode ser esquecido é a qualidade. É claro que existem outros aspectos importantes como segurança, logística, custo e, em especial, o financeiro. Mas colocar o cliente e a qualidade em primeiro lugar é fundamental.

Em minha última experiência profissional, por cerca de dois anos liderei uma restruturação iniciada por uma consultoria externa e renovei boa parte da equipe, priorizando a redução de custos para termos recursos e investindo na qualidade e no desenvolvimento de novos projetos. Centralizei as funções em um único local, enxuguei a estrutura e os estoques e melhorei a comunicação.

Como resultado houve diversas nomeações de clientes e conquistamos novos também. Além disso recebemos as importantes certificações IATF (International Automotive Task Force), que reforçam a qualidade e otimização dos processos.

Quando nos deparamos com grandes mudanças de mercado, principalmente as causadas por crises, se não forem bem administradas, podem levar a processos grandes de demissão. É necessário estar sempre preparado, em especial nesse tipo de indústria. Quanto antes forem tomadas as decisões necessárias de redução de custos, menor será o impacto nos negócios.

A velocidade é importante, assim como também é fundamental a antecipação das ações possíveis, muito antes de a crise chegar. Quando o resultado piora, a estrutura precisa ser reduzida. Quando melhora, precisa ser mantida. O ideal é ter a mesma estrutura enxuta nos bons e maus momentos.

O futuro do mercado automobilístico já anuncia diversas mudanças: eletrificação, veículos autônomos, transportes alternativos para curta distância... O investimento em inovação, direto ou indireto, é muito importante e vital para a sobrevivência da organização em longo prazo.

Precisamos estar preparados, com equipes competentes e recursos para responder a este crescimento, que virá de maneira intempestiva. E sempre ter em mente que, sem saber exatamente quando, teremos uma nova crise e deveremos estar preparados para ela.

*Tarcisio Telles é sócio na consultoria LeanWays. Com passagem por empresas nacionais e multinacionais de manufatura e mais de 30 anos de experiência de mercado, ocupou cargos de liderança na GM, Delphi, PSA Peugeot Citroën, JAC Motors, Plásticos Mueller, Tecnoplast e IPA.

Comentários

  • EMERSONMacedo

    Excelentevisão de uma estrutura empresarial. Falar de Custos, Qualidade e Comunicacao e a base de uma organização sólida e duradora. Esses 3 pilares levam o envolvimento de uma boa equipe comprometida com resultados, pois são palpáveis quando se coloca o time para defender esse interesse. No geral as empresas hoje não observam os valores por trás desses 3 eixos. Não se consegue defender essa estruturação sem comprometimento e responsabilidade com a organização. Pessoas de VALOR e não de PREÇO devem ser bem escolhidas e multiplicadas nas organizações que querem se manter no mercado competitivo dos negócios. Parabéns Tarcísio Telles.

  • EduardoReina

    Eutive o prazer de trabalhar com Tarcisio Telles enquanto era Diretor na PSA Peugeot Citroën do Brasil. Seu espírito empreendedor e inovador reflete na íntegra o teor dessa matéria. O planejamento como base da estratégia com os olhos na qualidade não só demostra o respeito ao cliente como o fideliza. Torna a organização mais competente e potencializa seu crescimento. Parabéns pela matéria Tarcisio. Você é um dos ícones do mercado automotivo e seus comentários sempre nos trazem muito aprendizado e reflexões.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência