Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Opinião | Joel Leite |

Ver todas as opiniões
Joel Leite

25/11/2018

Onix é o carro mais vendido em 2018

Hatch da GM é líder pela quarta vez seguida. Faltando um mês e meio para fechar o ano, nenhum concorrente poderá superá-lo

Com 178.401 unidades vendidas de janeiro até o fim da primeira quinzena de novembro, o Chevrolet Onix, da GM, garante com antecedência a liderança do mercado brasileiro de veículos leves em 2018 pela quarta vez seguida. O hatch teve um desempenho excepcional este ano: não perdeu a liderança em um mês sequer e mantém uma diferença intransponível em relação ao segundo e terceiro colocados.

O segundo mais vendido em 2018 é o Hyundai HB20, com 91.907 unidades no ano até a primeira quinzena de novembro, volume que não garante a posição para o fechamento do ano, pois o terceiro colocado, o Ford Ka, está a menos de 3 mil carros atrás (88.988).

Os demais modelos estão mais distantes. O Volkswagen Gol deve fechar o ano na quarta posição (tem 65.344 até agora), enquanto Chevrolet Prisma (60.957) e VW Polo (60.511) disputam a sexta posição em 2018. Já a picape Fiat Strada parece consolidada em sétimo lugar, com 58.936 unidades; o Fiat Argo em oitavo com 55.235 e o Renault Kwid, que com 54.372 também tem praticamente garantida uma posição entre os 10 primeiros de 2018.

Já a última posição do ranking dos dez mais está indefinida. O Jeep Compass leva a melhor, com 52.871 unidades, mas é seguido de perto pelo Toyota Corolla, que vendeu 51.265, e pela picape Fiat Toro, com 50.478 unidades. Com mais um mês e meio de vendas, essas posições podem ser trocadas, ou consolidadas.

Renault Sandero, Fiat Mobi, Honda HR-V, Hyundai Creta, VW Saveiro, Nissan Kicks e Jeep Renegade também devem garantir uma posição entre os 20 mais vendidos no ano (Veja os 30 carros e comerciais leves mais vendidos em 2018).

HÁ CINCO ANOS, O HATCH COMPACTO MAIS VALORIZADO



A liderança absoluta de vendas nos últimos cinco anos é um dos fatores que faz o Onix obter excelente desempenho em relação ao valor de revenda. O carro recebeu pelo quinto ano consecutivo, na semana passada, a Certificação Maior Valor de Revenda, que avalia os modelos que menos perdem valor após um ano de uso.

Este ano, o índice de depreciação do hatch (que tem versões com motor 1.0 de 80 cavalos e 1.4 de 106 cavalos) ficou em 9,3% – e nos anos anteriores também manteve o índice abaixo de 10%.



_______________________________________________________
Este artigo foi publicado originalmente pela Agência Autoinforme
joelleite@autoinforme.com.br

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência