Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Opinião | Mari Martins |

Ver todas as opiniões
Mari Martins

19/11/2018

As qualidades do feminino na vida de homens e mulheres

A igualdade traz equilíbrio e melhores resultados para todos os envolvidos

Você reconhece suas qualidades do feminino? Sente o poder que isso proporciona tanto na vida das mulheres quanto dos homens? Na Duomo Educação Corporativa, criei o projeto Inteiras para Mulherar o Mundo. O objetivo principal é fazer as mulheres perceberam o potencial de suas características femininas e desenvolverem as suas forças. Assim, as aquelas que participam se sentem mais confortáveis sendo quem são e com vontade e motivação para ocupar seus espaços na vida pessoal ou corporativa. Porém, a discussão que acontece dentro do programa pode e deve envolver também os homens.

Para alcançar a verdadeira equidade entre os gêneros, é preciso derrubar algumas barreiras culturais. Apesar de 50% da força de trabalho ser feminina, apenas 7% estão na diretoria e em conselhos administrativos de empresas. Por isso, o programa que desenhei se tornou tão essencial para compreendermos vieses inconscientes que limitam a representatividade das colaboradoras. E isso impacta todos os gêneros.

É importante entender que qualidades femininas não são somente das mulheres. Estão presentes também nos homens e, por fazer parte do universo feminino, teoricamente são mais encontradas nas mulheres. São características presentes em todos porém, no mercado corporativo, prevalecem características masculinas relacionadas à competitividade e racionalidade. Em um mundo de transformação digital, para que as empresas cresçam proporcionando qualidade de vida para todos os colaboradores, é essencial que os líderes desenvolvam empatia, inteligência emocional e o espírito colaborativo, que são características femininas.

Ter um espaço dedicado especialmente ao feminino cria esta empatia natural entre homens e mulheres. Compartilhar histórias e vivências é um caminho interessante, pois o acolhimento é orgânico desde o primeiro encontro. Os homens podem contribuir bastante neste processo ao se abrirem para essa troca, sem julgamentos e preocupação com os rótulos históricos que prevalecem desde a construção do mercado de trabalho. Para encontrar o equilíbrio e aumentar a produtividade de todos os colaboradores, é essencial que homens e mulheres estejam em harmonia, vivenciando oportunidades iguais.

Lídia Farré, pesquisadora de Barcelona, investigou o papel dos homens no desenvolvimento econômico e social das mulheres. Conforme a situação econômica se modifica, a produtividade e educação da mulher é cada vez mais valorizada no mercado de trabalho. O artigo de Lídia aborda o fato de políticas de gênero que envolvem os homens serem mais efetivas quando demonstram que os benefícios do empoderamento feminino também se estendem a eles. Com colaboradores mais produtivos, a empresa consegue obter melhores resultados no curto prazo, crescer e se destacar no mercado em que atua. Todos ganham.

Algumas participantes de outras edições do Inteiras para Mulherar o Mundo também já compartilharam o interesse de estabelecer essa união:

"É um espaço para homens e mulheres. Como o feminino é uma qualidade psíquica enfraquecida na cultura patriarcal, todos precisamos validar e aprimorar essas qualidades", diz Gisele Aciolly, uma das parceiras desse projeto.

Perceber qualidades como a empatia, afetividade e senso de comunidade, que são entendidas como femininas, é uma oportunidade para que todos nós, homens e mulheres, possamos evoluir a sociedade em que vivemos. Para valorizar essas características, ainda é necessário criar um espaço só de mulheres para que elas possam se colocar sem receio sobre questões muito próprias, tais como autoestima e autoconfiança, além de lidar com armadilhas psíquicas muito peculiares como o sentimento de culpa e a necessidade de sermos prefeitas e para desafiar vieses inconscientes. O caminho é promover conexões e sororidade. As mulheres se regeneram nas relações, basta ver a importância das amigas na vida de todas elas. Abrir esse espaço de diálogo e construção entre as mulheres certamente trará benefícios tangíveis para a organização.

O movimento da ONU "He For She" é um exemplo. Focado no avanço das questões de gênero, seu objetivo principal é a criação de uma sociedade igualitária por meio da colaboração de homens e mulheres. O programa nasceu em 2014 e possui membros representativos como a atriz Emma Watson. A fundadora, Elizabeth Nyamayaro, diz que a organização começou com a simples pergunta: “Os homens se importam com a equidade de gênero?” e a resposta foi sim. A meta é que pelo menos 1 bilhão de meninos e homens do mundo sejam conscientizados e passem a fazer parte desse movimento.

A ONU defende a ideia de que a igualdade de gênero é uma questão de humanidade. É para proporcionar um mundo mais equilibrado, justo, mais inclusivo e menos segregador. As mulheres não pretendem retirar os homens do poder, mas sim dividir esse poder com eles para que toda a sociedade possa compartilhar os benefícios.

É uma excelente notícia que reforça ainda mais a importância de envolvermos os homens em iniciativas de empoderamento feminino. Estarmos inteiras é justamente acabar com a fragmentação e trazer mais qualidades do feminino para o mundo, que está precisando bastante de equilíbrio e união.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência