ANÁLISE

AUTOINFORME

Uma visita à maior fábrica do mundo


Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano


Saem das linhas de montagem da fábrica da Hyundai em Ulsan, a 500 km de Seul, na Coreia do Sul, 1,5 milhão de veículos por ano. Se fosse um país, a unidade estaria entre os dez maiores fabricantes do mundo. E Ulsan é apenas uma das 20 plantas que a gigante coreana mantém em oito países, entre eles o Brasil, com produção em Piracicaba (SP) de quase 200 mil carros/ano e também em Anápolis (GO) com a Caoa.

No total, o Grupo Hyundai, que inclui a marca Kia, produz 8 milhões de carros/ano e é o quinto maior fabricante do mundo.

A maior fábrica de carros do mundo tem cinco linhas de montagem, emprega 34 mil pessoas e produz 15 modelos, entre eles alguns conhecidos do consumidor brasileiro, como o Veloster, Elantra, o i30 e o Santa Fe.

A maior parte da produção, quase 1 milhão de carros/ano em Ulsan é exportada, principalmente para os Estados Unidos, China e Índia. A conta que se faz é que a cada 10 segundos sai um carro das linhas de montagem.

A fábrica fica ao lado do porto onde 400 motoristas embarcam diariamente 4 mil carros nos navios.

A Hyundai é um dos ícones do crescimento e da revolução econômica e social construída pela Coreia do Sul nos últimos anos. A marca está comemorando apenas 50 anos de existência.

Orgulho dos coreanos, a Hyundai domina também o mercado interno, suas duas marcas têm 70% das vendas. Outra coreana, a Ssangyong, tem 10%, sobrando apenas 20% do mercado coreano para as outras marcas estrangeiras.

_____________________________________________________
Este artigo foi publicado originalmente na Agência Autoinforme
joelleite@autoinforme.com.br

Comentários: 0
 

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: