ANÁLISE

AUTOINFORME

Energia solar para movimentar veículos


Carro elétrico abastecido pela radiação do Sol é opção limpa de mobilidade


O Brasil foi mais uma vez referência no relatório da Solar Heat World Wide de 2016, com o aumento da capacidade instalada adicionada no ano de 2014, que é a base do estudo. A rede de captação de energia solar aumentou em 1.009 MWth (Mega Watts Térmicos) e a contribuição da captação de energia solar resultou em redução de 2,5 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera. Esse resultado – da agência Internacional de Energia (IEA) – reúne informações de metros quadrados de coletores solares térmicos instalados por tipo, energia produzida, contribuições ao meio ambiente de emissões evitadas em 61 países.

A energia solar é uma boa alternativa para a mobilidade. Ela está sendo usada em veículos para reduzir o gasto com combustíveis convencionais. E os veículos movidos a energia solar são os mais sustentáveis, uma vez que não há consumo de combustível e praticamente nenhum impacto ambiental em nenhuma parte do processo, como ocorre com outras energias limpas, como a eletricidade gerada em usinas hidroelétricaa.

É notório o crescimento da eletricidade para a propulsão de veículos automotores e a esse crescimento acrescentam-se os carros movidos a energia solar ou que utilizam painéis de captação solar para ampliar a fonte de energia, quando não para o motor principal para o uso alternativo, na iluminação de faróis e lanternas, lâmpadas internas e outros equipamentos.

Protótipos equipados com placas fotovoltaicas já conseguem captar energia suficiente para se locomover, situação ideal, uma vez que, exposto ao Sol, o carro estará sempre sendo carregado e seria mais eficiente em regiões onde a radiação solar é mais forte e em período do ano onde a luz está presente em mais horas do dia.

Como alternativa a situações de emergência, como tempo nublado e regiões com pouca incidência solar, o carro pode ter uma tomada para captação de energia da corrente elétrica.

Carro movido à energia solar e ou pilhas de hidrogênio pode ser aposta da indústria automobilística para o futuro.

__________________________________________________
Este artigo foi publicado originalmente na Agência Autoinforme
joelleite@autoinforme.com.br

Comentários: 1
 

luciano
20/12/2016 | 12h20
Meu amigo Joel , Isso e´do tempo da carochinha. Vamos experimentar na minha bicicleta sua idéia. Aposto que pega. Depois vamos aos carros...........

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: