ANÁLISE

AUTOINFORME

Tesla é a mais nova marca a se instalar no Brasil


País tem agora 43 montadoras de carros à disposição do consumidor


O modelo S será o primeiro carro da Tesla a ser vendido no Brasil, em sua loja na Avenida Europa que está sendo reformada e será inaugurada em breve. O S é um sedã grande, elétrico, que concorre com o também elétrico i8, da BMW, já vendido no país. Custa cerca de US$ 80 mil. Outro modelo que poderá ser oferecido localmente é o utilitário esportivo X.

Elon Musk, dono da Tesla, foi procurado por um grupo de distribuição de veículos brasileiro, mas não aceitou a proposta de ter um representante independente no Brasil. Preferiu montar sua própria concessionária, como faz em todos os países onde a atua: a distribuição dos carros da marca é controlada pela própria Tesla em todo o mundo.

Além das famílias S e X, um carro menor e mais barato está previsto para 2017, o Model 3, que vai custar na faixa de U$ 35 mil.

Especialista em carros elétricos, a Tesla anunciou que vai acelerar a produção para atender a forte demanda no mercado mundial. A expectativa é vender entre 80 e 90 mil carros este ano e atingir meio milhão de unidades em 2018.

“Nosso desafio é aumentar em cinco vezes a produção de carros elétricos nos próximos anos, o que provavelmente vai exigir novos investimentos, mas essa é a nossa meta”, revelou um representante de empresa estadunidense.

Com a Tesla, o Brasil passa a ter 43 marcas de carros e comerciais leves.

Este artigo foi publicado originalmente na Agência Autoinforme
joelleite@autoinforme.com.br

Comentários: 1
 

Henrique
18/05/2016 | 08h38
Finalmente!! Espero que aguente a buraqueira.

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: