ANÁLISE

QUALIDADE

Preservar a qualidade para fazer mais com menos


Períodos de retração trazem novas oportunidades para as empresas


A indústria automotiva brasileira precisará de muita criatividade em 2015, anunciado como ano de retração com um governo mais austero, com muitos cortes de orçamento e aumento de impostos. Digo que momentos assim, de crise, são oportunidades de crescimento porque somos obrigados a ter criatividade para resolver os problemas. Crise traz evolução porque requer mais esforço e criatividade.

Certamente, as empresas do setor estão com as barbas de molho. Já se falava que 2014 seria difícil porque teríamos o Carnaval tardio março, a Copa do Mundo e as eleições. O certo é que neste ano as empresas terão de fazer mais. Não haverá oportunidade de parar e ver o tempo passar. Precisarão ter muita coragem, esforço e criatividade para sobreviver. No meu ver, este será o grande desafio do setor automotivo.

Acredito que neste ano as empresas poderiam incluir em seus planejamentos estratégicos ações de preparação para o futuro. Por exemplo, todo mundo corta custo com mão de obra em tempos de crise, quando o estratégico seria investir em treinamento de pessoal. É necessário enxergar, planejar e se preparar para enfrentar o que está por vir nos próximos anos.

Preservar a qualidade é uma das condições básicas para fazer mais com menos. Há medidas que não podem simplesmente ser cortadas se a intenção é competir também lá fora. Um produto ou serviço sem qualidade não sobrevive, especialmente no País onde o Custo Brasil pesa muito no bolso. A qualidade é aliada e fundamental na luta contra as adversidades.

Por isso é extremamente importante o campo de atuação do IQA – Instituto da Qualidade Automotiva (que celebrará 20 anos de atividades em 2015) - como entidade envolvida na qualidade para fabricantes e prestadores de serviços automotivos em todo território brasileiro. Para nós será um ano de muito trabalho.

Entre as diversas ações previstas para o ano, o IQA realizará o 3º Fórum da Qualidade Automotiva, em setembro. O evento envolverá toda a cadeia automotiva para discutir os caminhos da qualidade tanto no Brasil, quanto no exterior. Além dos atores do setor, como fornecedores, montadoras, distribuidores, oficinas e concessionárias, o evento terá, de novo, a participação de consultorias, governo e do Inmetro.

Também já está funcionando o Laboratório Químico do IQA, inaugurado em setembro de 2014 nas dependências do Polo Tecnológico de Sorocaba. Com equipamentos de última geração, o empreendimento tem capacidade técnica para realizar ensaios com fluido de freios, Arla 32, aditivo de radiador e outros produtos químicos utilizados pela indústria automotiva.

Comentários: 0
 

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: